Mostrando postagens com marcador artes plásticas brasileiras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador artes plásticas brasileiras. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 21 de junho de 2017

De Martino, Registros Históricos e Culturais do Brasil

chegada da fragata constituição trazendo d. teresa cristina - 1872


A postagem de hoje sobre as Artes Plásticas no Brasil, tem como destaque um pintor italiano. Sim, não
é engano, é sobre um militar da marinha italiana, que tinha verdadeira paixão pelos mares e pelas
embarcações que por eles singravam: Edoardo De Marino. Nascido em Meta, Itália, no ano de
1838 e morreu em Londres, Inglaterra, em 1912, estudou na Escola Naval de Nápoles e foi
atuante como  oficial da Marinha de Guerra italiana  de 1849 a 1855, e ao dar baixa, ele
mudou para Montevidéu, Uruguai, até o ano de 1868 quando então parte rumo ao
Brasil.  Fixou residência no  Rio de Janeiro  e em viagens à Porto Alegre, no
Rio Grande do Sul,  expõe sua obra e leciona pintura para  Telles Júnior.
Mas entrou em cena  Dom Pedro II,  por ocasião  da guerra contra o
Paraguai,  que o nomeou pintor oficial  com missão de registrar
a ação dos  militares  brasileiros  nos combates.  Explicado.


edoardo de martino


Assim,  pelo acima exposto,  De Marino faz parte do rol de
Artistas  que com suas pinturas,  nos legou preciosos registros
históricos e culturais de nosso País. Ele acompanhou os Almirantes
Tamandaré e Barroso, registrando em minuciosos desenhos os eventos
para posteriormente em uma série de telas divulgar as batalhas fluviais, mas
também, belas pinturas dos mares desse nosso amado Brasil.  Suas preferências
por cenas noturnas,  a minuciosidade  de suas  composições pictóricas,  fez com que
recebesse Medalha de Ouro na Exposição Geral de Belas Artes em 1870, e eleito membro
correspondente da  Academia Imperial de Belas Artes em 1871. Em 1875 parte para Londres e
é nomeado  pintor de marinhas  da corte inglesa em 1895.  A seguir,  pequena mostra de sua obra.




Como sempre faço questão de ressaltar,  ao final da postagem,  lá na série de links apresentados em
"links para suas preferências no blog",  é possível saber mais sobre outros Artistas Plásticos,
assim como sobre outros estilos de sua preferência, com total segurança, aqui mesmo
em meu  blog,  e também em meus outros espaços culturais na Web.  Apreciem.

carlos miranda (betomelodia) 




veleiro em alto mar - s.d.

navios de guerra em alto mar - s.d.

 o almirante brown chegando ao porto - s.d. 

 combate naval - s.d.


passagem do tonelero durante a guerra do prata - 1880

no tejo - 1886

batalha naval do riachuelo - s.d.

bombardeio de curuzu - s.d.

navio de guerra ao luar -1909

marinha - s.d.

porto à noite - s.d.





destaco: praia de botafogo - 1870


fontes
imagens: google - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

( atenção: tamanho das telas adaptados à diagramação )

domingo, 18 de junho de 2017

José dos Reis Carvalho, o Aquarelismo Neoclássico

registro da expedição científica da "comissão das borboletas" ao ceará - 1859


Ele foi desenhista, pintor, cenógrafo e professor. Ingressou na primeira turma do curso de pintura da
Academia Imperial de Belas Artes em 1824,  tendo como mestre Jean Baptiste Debret. Também
foi desenhista, cenógrafo e professor de desenho da Escola Imperial de Marinha, no Rio
de Janeiro,  que foi onde recebeu convite para fazer parte da expedição cujo foco
era  documentar a zoologia, etnografia e a botânica do sertão brasileiro que
incluía a sua terra natal, a Província do Ceará. Ah, o nome do destaque
na publicação de hoje sobre as Artes Plásticas Brasileiras,  como
acima dei a "dica", é o cearense José dos Reis Carvalho.
josé dos reis carvalho


Os  poucos registros sobre a vida de José dos Reis são
divergentes em sua maioria,  incluindo a data de seu nascimento
no Ceará, 1798 ou 1800. Também a de sua morte no Rio de Janeiro que
com dúvidas  tida como  ocorrida em 1892,  são imprecisas ou contrastantes
entre si, assim como no período anterior ao seu ingresso na Academia Imperial. Há
ainda o fato do naufrágio do navio "Palpite" ter naufragado no retorno ao Rio de Janeiro,
causando  perda de boa parte  dos dados  coletados pela  "Comissão Científica de Exploração,
alcunhada "Comissão das Borboletas
", o que torna as aquarelas e os desenhos executados por Reis
Carvalho, os mais importantes documentos resgatados da expedição exploradora, legados aos dias atuais. 




Como sempre faço questão de ressaltar,  ao final da postagem,  lá na série de links apresentados em
"links para suas preferências no blog",  é possível saber mais sobre outros Artistas Plásticos,
assim como sobre outros estilos de sua preferência, com total segurança, aqui mesmo
em meu  blog,  e também em meus outros espaços culturais na Web.  Apreciem.

carlos miranda (betomelodia) 




casal em viagem - 1859

moinho de vento aracati - 1859

natureza morta com cristais - 1841

igreja de nossa senhora da conceição da prainha - 1859

vista da matriz e do santo cruzeiro na capital - 1859


corte de carnaúba - 1859

igreja de santana em dia de festa - 1851

pesca da piranha em russas - 1859

natureza morta com estatueta de dom pedro I - 1841


estação de carros no sertão - 1858

fortaleza - 1859


destaco: interior de rancho - 1859

fontes
imagens: google - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

( atenção: tamanho das telas adaptados à diagramação )
( restaurados por meio de aplicativo, os danos causados por mofo )

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Belmiro de Almeida, um Artista Completo

arrufos - acervo do museu nacional de belas artes, rio de janeiro  


O destaque de hoje nas  Artes Brasileiras  é  Belmiro dos Santos.  Nasceu na cidade do Serro, Estado
de Minas Gerais em 1858,  e veio a morrer em Paris, França, no ano de 1935. Iniciou seus estudos
nas Artes no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro, posteriormente na Academia Imperial
de Belas-Artes, tendo como professores  Souza Lobo,  Agostinho José da Mota, e também
Zeferino da Costa.  No início de sua carreira,  optou pelas caricaturas,  publicadas por
vários  jornais cariocas,  e também como ilustrador.  Ao concluir  seus estudos na
Academia Imperial,  começou a realizar mostras de seus trabalhos no Brasil e
em Países europeus.  Caricaturista, jornalista, pintor, escultor, professor.
Considerado uma das figuras mais interessantes nas Artes plásticas.


belmiro de almeida - autorretrato


Tinha como meta  ser premiado  em um dos  concursos da Academia,
com uma viagem  para aperfeiçoamento dos estudos em País europeu, o
o que  não conseguiu mas, viajou por conta própria.  Contando com ajuda de
amigos permaneceu por cinco anos em Paris e Roma,  remetendo seus trabalhos
para serem expostos no  Brasil.  Tido como um artista completo, possuidor de grande
conhecimento cultural, deixou à futuras gerações uma rica e variada obra, um belo legado.
É pena que Belmiro de Almeida,  não tenha tido o reconhecimento merecido pela posteridade.





Como sempre faço questão de ressaltar,  ao final da postagem,  lá na série de links apresentados em
"links para suas preferências no blog",  é possível saber mais sobre outros Artistas Plásticos,
assim como sobre outros estilos de sua preferência, com total segurança, aqui mesmo
em meu  blog,  e também em meus outros espaços culturais na Web.  Apreciem.

carlos miranda (betomelodia) 




a portuguesa

a tagarela


rua na itália

idílio campestre


a má notícia


dois meninos jogando bilboquê


paisagem urbana em avelano de caminho - portugal

menino com bandolin


























efeitos de sol





fontes
imagens: google - texto: carlos miranda (betomelodia)
base das pesquisas: google

( atenção: tamanho das telas adaptados à diagramação )